Igor Gasparini

Igor Gasparini

DRT: Artista – Dançarino nº 22.492/SP

DRT: Jornalista nº 55.208/SP 

Formado em Jornalismo pela PUC e em Ciências da Atividade Física pela USP. Pós-graduado em Jornalismo Cultural, com ênfase em crítica de dança; Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP; foi bolsista CNPQ. Trabalhou na TV-PUC, na Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Cultura e é professor e coreógrafo de Danças Urbanas e de Dança Contemporânea.

Diretor e coreógrafo do T.F.Style Cia de Dança, núcleo que pesquisa a Dança Urbana Contemporânea e destacam-se os espetáculos Sob a Pele (2016), Anti (2014), Beco (2014), Tempo (2013),  Deserto de Ilusões (2011), Encontros e Desencontros (2009) e Formas – um aspecto em particular (2007). A companhia foi contemplada pela XX Edição de Fomento à Dança da cidade de São Paulo. Dentre as principais atuações da Cia estão as temporadas nos diversos teatros da cidade de São Paulo; a participação no Circuito SESC de Artes; no Circuito Cultural Paulista; e no Circuito São Paulo de Cultura; os espetáculos e intervenções realizadas em diversas unidades da Rede SESC-SP (SESC Pinheiros, SESC Santo Amaro, SESC Interlagos, SESC São Carlos, SESC Santana, SESC Bom Retiro, SESC Taubaté, SESC Jundiaí, SESC Santo André, entre outros). Destacam-se também a participação no extinto Teatro da Dança; além de workshops e espetáculos que fizeram parte da programação de edições da Virada Cultural de São Paulo e da Virada Cultural Paulista. A Cia também realizou temporadas em locais expressivos como Centro Cultural São Paulo, Teatro Sérgio Cardoso, Museu da Imagem e do Som (MIS) e Galeria Olido. Em 2014, foi contemplada pelo Programa Vai, da prefeitura de São Paulo, realizando oficinas e espetáculos em diversos CEUs da cidade.

Igor Gasparini é também artista orientador do Programa Vocacional Dança da Prefeitura de São Paulo e do Programa de Qualificação em Dança do Governo do Estado de São Paulo. Recebeu o Prêmio de Melhor Coreógrafo na categoria Dança do 10º Prêmio Jovem Brasileiro. Foi convidado também para ministrar workshops na cidade de Arhem, na Holanda, e realizou aperfeiçoamento em Nova York, nos Estados Unidos, pela Broadway Dance Center. Também realizou cursos em outros locais dos Estados Unidos, Espanha, França, Áustria, Holanda, Itália e Argentina.

TEMPO

Realizou cursos com os principais nomes do Hip Hop Nacional e Internacional como: Brian Green (USA), de “Wacking”, “House” e “Free Style Hip Hop”; Henry Link (USA), Buddha Strech (USA), Rhapisody (USA), La Jon Dantzler (USA), Eric Negron (USA), Janelle Cambridge (USA), Jermaine (USA), Valentine (USA) Brian n Scott Nicholson (USA), Ryan Davis (USA), Neil Schwartz (USA), Joanna Numata (USA), Grimes (USA), Eric Jenkins (USA), Jared Jenkins (USA), Jamie J. (USA) e Luam (USA), de “Free Style Hip Hop”; Laure Courtellemont (FRA), de “Ragga Jam”; Tavia N Tamara (JAM), de “Dancehall”; Archie (USA), Alyssa Chloe (USA) e Pricess Lockeroo (USA), de “Wacking” e “Voguing”; Dheeraj Asarfi (HOL), de “Free Style Hip Hop”; Lorena Ercolani (ITA), de “Free Style Hip Hop”; Pablo Amodio (ARG), de “House Dance” e Luca Amitrano (ITA), de “Funky Styles”. E na dança contemporânea, teve aulas com Frank Tavantti (BRA), Alex Soares (BRA), Daniel Holt (EUA), Veldink (EUA), Leonie Wahl (AUS), Claudia Perni (ITA) e Derek Mitchell (EUA).

Dança profissionalmente pela KD Cia de Dança e pelo Coletivo O12, das cidades de Potirendaba e Votorantim, respectivamente; e participou como convidado do Grupo DivinaDança, em espetáculo de Alex Soares. Já dançou pela Cia de Performance, com Tati Sanchis e Henrique Bianchini, e foi dançarino e coreógrafo do Bombelêla Dance Company, grupo que trabalha com estilos clássicos do hip hop e é precursor da dança inclusiva, dirigido por Mark Van Loo. Dançou por dois anos com a apresentadora Eliana; foi coreógrafo de Comissão de Frente pela Acadêmicos do Tatuapé, de 2004 a 2007, e pela Combinados do Sapopemba, em 2011, além de ter coreografado para o do Balão Mágico.